Blog do @_ricardo

Cinema, economia, música e atualidades convergem aqui

Posts Tagged ‘nme

Os melhores discos de 2011 – parte 2 de 2 (10º ao 1º)

with one comment

No post anterior você conferiu a primeira parte da lista dos 20 melhores discos de 2011. Agora é a vez da última parte.

*alguns dos vídeos das músicas só podem ser vistos no Youtube, devido a questões de direitos autorais. Mas, é bem simples: é só clicar em “Assista no Youtube” que você será redirecionado a página para ouvir a música.

 —

10. “Wouned Rhymes”Lykke Li – toda a tristeza do mundo na voz da jovem cantora que sabe usar isso de forma contagiante. Impressionantes composições !

9. “Father, Son, Holy Ghost“, Girls – uma volta ao passado no rock. Nostálgico no nível máximo da escala indie. Algum DJ se anima a tocar na balada? Me avisa que eu vou.

8. “Helplesness Blues“, Fleet Foxes – o disco mais “bonito” do ano. Parece ter saído direto de um filme de Wes Anderson.

7. “Yuck“, Yuck – rock despretensioso, carregado de indignação e abusando de distorção. De repente, quando menos percebe, ele se torna um excelente disco, and it’s fabulous when it happens !

6. “Bon Iver“, Bon Iver – pegar a estrada numa tarde de domingo nunca mais será o mesmo após ouvir esse disco. Inspirador sem ser enganoso ou ilusório.

E o TOP 5 !!!

5. “What did you expect from Vaccines“, The Vaccines – um dos discos mais aclamados no mundo musical. Antes de ser lançado já contava com um grande hype. E foi compensado com um dos melhores discos do ano. Rock na essência.

4. “Smoke Ring For My Halo“, Kurt Vile – aproximando suas composições rock com uma leve (quase irreconhecível) batida country, Kurt Vile surpreende pela originalidade em cada uma das 12músicas.

3. “The English Riviera“, Metronomy – excelente uso dda house music nesse rock, com grandes raízes no pop. Uma “salada de frutas” com excelente sabor.

2. “Let England Shake“, PJ Harvey – uma das grandes artistas da atualidade presenteia 2011 com essa obra-prima, resultado de suas angústias mais intensas. Cuidado: ao escutá-lo você corre o risco de acabar repensando toda a sua vida.

1. “Collapse into Now“, R.E.M – o disco de despedida da lendária banda de rock. Uma obra prima pela energia das suas músicas e pela clareza com que são apresentadas, contando a história do colapso (seria o fim da banda?) numa visão bem positivista mas sem nenhum clichê.

Agora é a vez de você fazer a sua parte: comentar aqui noo blog e dizer o que achou das escolhas feitas. Você pode perceber que foi levado em conta o álbum como um todo, por isso discos do Foo Fighters, Arctic Monkeys, Kooks, Radiohead não entraram; tem boas músicas isoladamente.

E, que venha 2012. O que esperar do próximo ano em termos musicais ? Para saber, continue visitando o blog.

Anúncios

Written by _ricardo

23/12/2011 at 13:15

%d blogueiros gostam disto: