Blog do @_ricardo

Cinema, economia, música e atualidades convergem aqui

Review: Homem de Ferro 2

with one comment


Três anos depois do sucesso de IRON MAN, a realização de sua sequencia mostra não apenas que o primeiro longa teve êxito econômico, mas que também fez uma legião de pessoas que nunca tinham ouvido falar de Tony Stark conhecerem as personagens, música tema e afins. Mas, em contrapartida, o segundo filme carregou um terrível fardo: ser tão bom quanto o primeiro. E nisso ficou aquém.

Mesmo não havendo bagunças no roteiro, nem grandes problemas de ritmo, a história transcorreu de forma muito linear para um filme de ação, sendo que todas as ações e cenas eram apenas subsequentes das anteriores, ou seja, em paralelo, poucas ações aconteciam. Ainda, a personagem de Mickey Rourke construída como vingativa, no decorrer da película ganha um ar de loser que fica evidente com uma luta final previsível (e de modo algum empolgante), assim como a maior parte das cenas de luta, que foram coreografadas de maneira muito previsível e com pouca agilidade, fazendo com que a história tenha muito mais o enfoque político – o que Iron Man representava numa guerra e na política dos EUA – do que o uso da armadura para o combate.

Outro ponto explorado a exaustão, o narcisismo de Tony Stark, já não tem mais o mesmo efeito que antes, embora Robert Downey Jr. continue magistralmente interpretando esta personagem fascinante. Vale ressaltar ainda, que a trilha sonora falha ao não usar a música tema, do Black Sabbath, em nenhum momento (onde os produtores estavam com a cabeça?), mas mantém o bom nível ao explorar AC/DC e The Clash.

O ponto forte do filme acaba sendo o cast, habilmente escolhido, que vai desde o pai de Stark (John Slaterry) ao seu rival (interpretado por Sam Rackwell). Este último, que vem me agradando pelos seus últimos filmes (“O Assassinato de Jesse James pelo covarde Robert Ford”, “Lunar”) cria algo que o último “Superman” não teve, um autêntico Lex Luthor, o antagonista extremamente seguro de seu papel na trama.

De fato, é impossível não comparar o primeiro filme a esse, ainda mais pelo final extremamente fraco, que mostrou bem a fragilidade da segunda metade do filme. Mesmo assim, Iron Man continua sendo, entre todo o universo Marvel, a personagem mais cativante, com grande mérito ao seu protagonista e aos efeitos visuais/edição de som que proveram a veracidade nos “utensílios” de Tony Stark.

Nota: 7/10

Anúncios

Written by _ricardo

01/05/2010 às 22:47

Publicado em filmes e seriados

Tagged with , , , , , , , , , ,

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. Com um vilão com chicote, contra dois homens de ferro, um deles com armamento pesado, não dá pra imaginar muita coisa, e jogaram o básico.
    Finalzinho foi meia boca, mas combina com as cretinices do Stark.
    Ação coreografada, qual filme que não tem? Pra padrão Marvel, tá muito bom, eles jogaram com lugar seguro, como tenderão a fazer sempre. E digo, a cena de luta da Viúva Negra é sensacional. Só os CGs, que não foram lá caprichados que nem os ultimos lançamentos como Avatar, e se vê bem movimentos de bonecos computadorizados.
    Homem de Ferro é Tony Stark e cretinices, não ação com armadura. Bem, a unica graça que sempre vi no personagem era isso.
    A musica do Black Sabbath fala de um de cara que viaja no tempo, se ferra, é ignorado pelo mundo, e ele então planeja vingança contra a humanidade. Então, não dá pra se dizer que seja musica tema dele, certo?
    E o Hammer, feito pelo Rockwell, achei que poderia ser mais interessante. Tinha que ter havido mais espaço pra desenvolver o personagem do Rourke.
    E a cena depois dos creditos, viu?

    Enfim, eu sai nerdisticamente feliz. hahaha

    Davi

    02/05/2010 at 15:32


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: