Blog do @_ricardo

Cinema, economia, música e atualidades convergem aqui

Review: LOST – Dead is Dead (S5E12)

leave a comment »

! SPOILERS PARA QUEM NÃO ACOMPANHA LOST COM OS ESTADOS UNIDOS !

ben_dead-is-dead

Bem, que episódio o de ontem ! Depois de 2 epsiódios mais parados Lost veio com tudo e mostrou alguns personagens  que estavam um pouco esquecidos. Depois da sensacional cena final do episódio anterior: o confronto do renascido John Locke com seu assassino, Ben Linus, em um clima pra lá de tenso e sombrio tivemos essa episódio centrado em Benjamin Linus, que um dia foi apontado como vilão da trama.

Que nada, em Lost todos são tiranos e vilões, e tem situações-chave na vida que alteram outras vidas. Já vimos isso com Desmond, Jack e agora Ben, o garoto curado no templo dos hostis por Alpert, porque a ilha quis !, que cresceu, tornou-se muito competitivo, algo que Widmore já havia percebido há tempos. Conflitante com tudo isso tivemos a cena do rapto de Alex, onde alguma ‘misericórdia’ veio de Ben para não matar Russeau e sua filha (ainda acha a Danielle Russeau tão louca assim ?  Depois de tudo que passou ?)

E sim, tudo que Ben fez foi porque a ilha quis, mas chegou um ponto que o caráter manipulador dele transpôs qualquer vontade de Jacob, ou outra entidade superior, tornando-se um líder.

Tivemos a volta de Desmond e Ben falhando em cumprir a promessa de matar Penny (que bom).

Mas  o que ainda pode melhorar é a trama dos passegeiros do Ajira-316, que me causam certa raiva por serem tão malas, mas tão engajados em explorar a ilha, pegar armas. Isso soa muito falso. Pelo menos Ceasar (um dos mais chatos, quase um Boone ou Bernard daquele voo), teve seu fim num momento bem WOW! graças a Ben.

E num episódio centrado em Ben o final foi a altura das suas artimanhas. A convicção desse novo Locke (sim, uma nova postura, sem facas ou pernas quebradas, sabendo bem o que fazer, coisa que impressionou até Ben)  em levar Ben ao Templo para ser julgado, não por alguém, mas pela Ilha, que fez ele ser o que é foi uma tomada de rumos que a temporada estava precisando

Entre Ben ser convencido por Locke que tem pecados a pagar e a cena final no Templo, com representações de Anúbis (só isso já daria um post), o pânico que o monstro de fumaça voltou a causar com aquele barulhinho característico e uma conclusão óbvia, mas necessária: o líder é John Locke. Assim a Ilha quis. “FOLLOW HIM !” Não  poderia ter sido melhor.

Como escrevi acima, Ben tornou-se o líder dos Outros pela sua ambição (e sim, a Ilha permitiu). Mas Locke foi escolhido.

Percebem que o foco na Ilha como um todo começa a ficar mais forte na reta final da série ?

Avaliação: 9.5

Anúncios

Written by _ricardo

09/04/2009 às 12:21

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: