Blog do @_ricardo

Cinema, economia, música e atualidades convergem aqui

Análise do que há de melhor em termos de séries

leave a comment »

  • Como se cria uma série duradoura ?

Bem, se a resposta fosse fácil não existiriam tantas séries problemas que são canceladas ou se arrastam penosamente e vão desgastando a imagem dos atores, bem como de toda produção.

Mas, certamente algo que pode fazer uma série prosperar é não ter a pressão à moda hollydiana, coisa difícil nos tempos atuais.

Foi por isso que Mad Men tornou-se esse fenomeno de critica: é exibido num canal sem grandes pretensões, o AMC, que tem sua publicidade bem segmentada e sem riscos e portanto pode dar tempo a uma série ganhar vida própria e superar outras dos canais da TV aberta como, por exemplo, Grey’s Anatomy, CSI, entre outros.

Com uma proposta escassa na atual tv americana, uma série de época sem clichês e sensacionalismos Mad Men consegue representar perfeitamente a década de 60 nos USA, pois a 1ª temporada se passa em 1960 e a 2ª dois anos depois.Alô roteiristas das novelas da 6 da Globo (!), ta na hora de escrever uma novela de época que seja fiel ao período descrito e consiga manter despertar o charme do que retrata.

Para quem não conhece a trama, ela é desenvolvida numa agência de publicidade em ascenção em NY, ou seja, mostra a vida de um grupo de personagens ligados a agência.Tem no seu protagonista, Donald Draper (brilahntemente interpretado por John Hamm) o redator-chefe das contas mais importantes, isto é, publicitário encarregado de dar rumo as campanhas.Como disse um dia Cláudia Croitor, do blog Legendado, a série desperta um sentimento saudosista, aquele glamour que só o passado tinha, e a sensação de estarmos vendo cenas do marido publicitário em A Feiticeira (Bewitched) criando slogans, escolhendo as palavras certas para o outdoor, pois era assim que a publicidade era feita na época.Vale até a menção na primeira temporada no Rio de Janeiro, fazendo referência a campanha para divulgar a cidade com a construção do Cristo Redentor.

Ademais, um elenco de primeira linha, a magnífica atuação do sócio da agência Roger Sterling bem como os valores da época: fumar e beber a qualquer hora, qualquer hora mesmo, era uma exigência para bons negócios e pessoas importantes e a submissão das mulheres, que não podiam ter uma vida social, dedicavam-se a casa e ao marido e filhos e isto devia lhes bastar, são uma boa representação de como era a época, uma representação sem hipocrisia que mostra uma esposa (a esposa de Donald Draper) convivendo com praticamente um estranho, pois não conhece nada de seu passado, aliás, ninguém conhece.

Resultado da obra:um globo de ouro opara John Hamm e o favoritismo a várias categorias do Emmy, incluindo melhor série na premiação que acontece dia 21 deste mês.

A segunda tempoarada já começou e só vem para consolidar um projeto que terá 5 temporadas e deve-se muito também a equipe de roteiristas que entre outras coisas fez West Wing.

Uma curiosidade é em relação ao título: Mad Men é um trocadilho que mistura Mad (=maluco) aos homens (Men)  que trabalhavam na MADison Avenue, na época onde se localizavam as maiores agências publicitárias.

Volto ao assunto sobre essa série assim que ela ganhar o Emmy de melhor série e todos os outros, assim espero.

Anúncios

Written by _ricardo

04/09/2008 às 23:57

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: